Domingo, 17.08.14

meu medo

O medo, louco, bate-me nas paredes das entranhas do corpo.

Sento-me e respiro fundo. Enterro-o. Enterra-lo torna-o mais meu, mas também o mantem camuflado.

publicado por Marina Ricardo às 23:56 | link do post | comentar | Adicionar aos Favoritos (4)
Quarta-feira, 16.04.14

Medos

Sempre que vou a um hospital tenho uma vontade estúpida de fumar. Quero tabaco mal os meus pés pisam aquele solo, mal sinto o cheiro a éter e a sofrimento. Quero nada mais do que um cigarro aceso a perder-me entre os dedos. Eu nunca fumei. Nunca, nem quando era moda experimentar. Nunca quis, nunca me fez falta. Mas, mal entro num hospital quero matar o tempo. Esperar, esperar num hospital destrói-me por dentro. Quero matar o tempo com tabaco, na esperança que o fumo me desfaço o peso que automaticamente tenho no peito.

Não sou capaz de lidar com hospitais. Desde sempre que assim é. Lembro-me de ser pequena e ter de ir às urgências e de chorar. Estava doente e chorava por ter de ir ao hospital. Levava sempre uma boneca grande comigo, suficientemente grande para poder tapar a cara enquanto tivesse que circular pelos corredores. Tinha medo. Medo da doença, pena dos doentes; um mix de sentimentos que ainda hoje me tomam o corpo sempre que vou a um hospital.

Sinto-me sempre mais doente nos hospitais. Doente por mim e pelos outros que ali estão.

Não sei lidar com a doença. A doença dos outros maltrata-me mais do que a minha própria doença.

Nos últimos anos passei muitas horas em hospitais. E,  a cada minuto sentia a esperança fugir-me por debaixo dos pés. E, ainda sinto. O aperto no peito, as dores de estômago, a pele arrepiada. Lutei contra esse medo, escrevi sobre ele, ainda penso muito nele, mas, nada se altera.

Não sei lidar com a doença. A doença dos outros maltrata-me mais do que a minha própria doença. Por isso tento ser outra pessoa, e matar o tempo, na esperança que ele me mate o medo e me faça forte.

 

 

publicado por Marina Ricardo às 14:50 | link do post | comentar | ver comentários (2) | Adicionar aos Favoritos
Domingo, 09.03.14

Medo

Talharam-na a medo, com medo.

Com receio cresceu, temerosa de crescer a mais, de ficar pequena demais.

Criaram-na a medo, com medo. E no medo ela se tornou.

Se, a tivessem talhado com outro fado, outro fado cantaria ela nesses dias em que a medo sai de casa para essa noite fria que amedrontada a deixa.

Mas, quiseram faze-la assim: a medo, e com medo ela ficou. Tanto medo esse que lhe deu forma, que medo tem de viver essa vida que tanto medo lhe mete. Medo da vida: ela tem.

 

publicado por Marina Ricardo às 01:27 | link do post | comentar | ver comentários (1) | Adicionar aos Favoritos
Quarta-feira, 08.01.14

free

"
publicado por Marina Ricardo às 23:00 | link do post | comentar | Adicionar aos Favoritos (1)
Sexta-feira, 05.04.13

Lets be a Bird

publicado por Marina Ricardo às 13:57 | link do post | comentar | ver comentários (1) | Adicionar aos Favoritos
Segunda-feira, 04.02.13

Ainda Nãi me Dicidi

Tenho ali um livro novo, ali em cima da secretaria. Ou talvez seja um bloco de notas. Vejo-lhe a capa, daqui, daqui da  cama onde me sento e escrevo.

Parece-me, se o meu olho não me engana, que as páginas são de papel reciclado - coisa moderna, nunca usada.

Sinto vontade de lhe pegar, de os escrever a tinta de aventura e novidade, mas falta-me a caneta.

A caneta ou a coragem - ainda não me decidi.

O bloco parece-me uma das coisas mais lindas que já vi, e queria - OH se queria, preencher-lhe as páginas, mas não consigo pegar-lhe.

Talvez seja frágil ou eu fraca - ainda não me decidi.

Nunca me assustei com as escritas - já tive medo de falhar nelas, dos erros e da vergonha, mas não de o escrever - não antes de hoje.

Sinto-me velha demais, velha demais ate para sonhar. Mas, sonho com coisas lindas, escritas naquele livro que diz VIDA na capa.

Quero pô-lo numa mochila, ou no bolso, ou dar-lhe a mão e depois decora-lo com histórias minhas.

Mas, falta-me a caneta ou sou fraca- ainda não me decidi.

 

 

publicado por Marina Ricardo às 00:27 | link do post | comentar | Adicionar aos Favoritos
Sábado, 24.11.12

Verdades #55

publicado por Marina Ricardo às 23:57 | link do post | comentar | ver comentários (6) | Adicionar aos Favoritos
Sábado, 27.10.12

Dois silêncios

Às vezes, quando o meu silêncio se funde com o silêncio da noite, e faço repousar a cabeça na almofada, temo medo. Tenho muito medo.

Então, adormeço e sonho com felicidades. De manhã, tudo parece mais simples…



publicado por Marina Ricardo às 01:37 | link do post | comentar | ver comentários (4) | Adicionar aos Favoritos
Terça-feira, 03.07.12

KEEP CALM...

publicado por Marina Ricardo às 17:17 | link do post | comentar | ver comentários (3) | Adicionar aos Favoritos
Segunda-feira, 19.09.11

Deve ser isso...

publicado por Marina Ricardo às 23:47 | link do post | comentar | ver comentários (5) | Adicionar aos Favoritos

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

Outubro 2017

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
15
17
18
20
22
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

tags

Fotografias que vou instagramando

Crónica Semanal

Brianne - Fanfic

Contador