Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Breve

por Marina Ricardo, em 16.09.20

Se te escrever frases feitas, desculpa. Nunca sei o que dizer quando nos enlutamos por sonhos. Nem os meus, nem pelos alheios.
Se te menti e te disse que vamos ficar bem, desculpa. Não te queria enganar.
Só não sei o que dizer para me voltar a fazer sentido quando quero sentir por ti. Dividir destroços.
Nunca senti o futuro morrer dentro de mim. Só tenho dores figuradas e letras perdidas para parir.
Se te menti, desculpa. Só queria pintar o mundo de cor de rosa para que te mudasses para lá.
Espero que possas reconstruir a casa em breve. Eu ajudo, se quiseres.

publicado às 00:26

Podíamos ser dois falhados felizes

por Marina Ricardo, em 15.09.20

Faço a lista de compras. 

Ovos. Leite. Farinha. Peixe talvez. Acabava já ali. Reviro os olhos e deixo o tempo tomar conta dos espaços tão desordeiros onde vivo tão amiúde.
Acordo, desacordada. Saio a correr. Sempre desassossegada. Sempre acelerada.
Falho contigo. Sempre contigo.
Agendo um pedido de perdão.
Conto que entendas.
Chego atrasada. Sempre atrasada. Sempre desassossegada. Sempre acelerada.
Conto as horas. Talvez se me perder nelas te encontre mais cedo e possamos falhar juntos. Estou cansada deste desassossego onde, sempre atrasada, acabo em aceleração rumo a destinos onde falho sempre sozinha.

publicado às 22:27

Marina: the original motion soundtrack

por Marina Ricardo, em 14.09.20

 

publicado às 22:57

Ser adulto

por Marina Ricardo, em 12.09.20

Sair de casa de calças verdes e passar mais de uma hora num horto a comprar vasos que não temos onde pôr.

IMG_20200911_154539_054.jpg

publicado às 02:28

Armadilha

por Marina Ricardo, em 28.08.20

Acendes um cigarro, calmamente.

Sempre foste bom a atear fogos alheios. Calmamente.

publicado às 20:09

tempo chuvoso

por Marina Ricardo, em 24.08.20

Paz.

Linha de pepel de seda branco, em dia de chuva.

publicado às 00:23

cabeça dura

por Marina Ricardo, em 22.08.20

Gostava que me tivessem ensiado a parar a cabeça, quando o corpo para.

E, a amparar as quedas com o corpo, em vez de as amparar com a cabeça.

publicado às 20:27

primeira vez

por Marina Ricardo, em 18.08.20

Finge que não me conheces. Vamos fazer de conta que esta é a primeira vez que os meus olhos te procuram e o meu coração te quer.

Faz de conta que não me sabes de cor. Finjo que não conheço os teus dedos, que me seguraram quando eu fingia que sabia para onde ia.

Só hoje. Vamos fingir que não temos passado, e que o futuro não nos importa.

Esqueçamos tudo. Ama-me agora. Amo-te já. E, finjo que não te conheço.

 

publicado às 00:27

pouco

por Marina Ricardo, em 17.08.20

Suponho que lhe chames teimosia às escondidas. Acho que não tens razão. Mas, não te digo. Vamos fazer de conta que não te li os pensamentos.
Não sigo por teimosia. Sigo por vontade. Às vezes sem vontade. Outras por teimosia. Mas, sempre por vontade. Mesmo quando a vontade é pouca.

publicado às 23:57

Logo tu

por Marina Ricardo, em 16.08.20

As paredes parecem inabaláveis. Do lado de fora.
Impenetráveis. Separam-nos.

Tijolo. Cimento. Tinta que já foi branco e agora escurece.

Parece uma metáfora para o nosso fado. Tons claros de comédia romântica enegrecidos, qual grito de terror.
Cá fora muitos pés se cruzam com os meus. Não nos reencontramos.
O vento dança com o meu cabelo e juro que se escutar com muita força sinto a tua respiração a arrepiar-me a pele.
Nunca me disseste que ia ser assim.

Acho que também não sabias. Logo tu que sabes tudo...

publicado às 23:17


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Setembro 2020

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Fotogrfias que vou instagramando




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.