Mentiras e Verdade

Nada me magoa – mas tenho feridas a curar.

 

Nada temo - só tenho medo.

 

Sou imortal, mas a terra sepultar-me-á.

 

Não tenho coração, mas ele bate.

 

Não choro – por favor, seca-me as lágrimas.

 

Estou fora do teu alcance - basta esticares a mão.

 

Sou perfeita, mas a imperfeição reina em  mim.

 

Nunca me atingirás - só quando eu menos esperar.

 

Não tenho fraquezas, porque não quero que te dês conta delas.

 

Só digo a verdade - fecha os olhos porque te estou a mentir agora

.

publicado por Marina Ricardo às 01:07 | link do post | comentar | Adicionar aos Favoritos