Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Não te Amo

por Marina Ricardo, em 28.03.11

Não te amo. Jamais te poderia amar.

 

Amo a imagem de ti que vive projectada na minha mente.

Amo a mentira e a atmosfera mítica de perfeição que criei em teu redor.

 

Amo amar o amor que nutro pelo tu que idealizei.

 

Não te conheço. Criei-te à semelhança das minhas necessidades e caprichos.

Conheço a melhor parte de ti, a que ficou tatuada em mim, a que não existe.

Amo-te num sonho. Num passado, num futuro, nunca num presente.

 

Amo o tu que desconheces. Amo-te no silêncio da tua inexistência.  

Amo-te. Amo-te, mas não a ti.

 


 

 

publicado às 23:34

Fogo

por Marina Ricardo, em 24.03.11

Incendiei os altares da terra.

 

Fui ao inferno. Ardi nas suas chamas, foi consumida pelo seu fogo.

Senti as labaredas dentro de mim, a queimar a minha essência.

A minha alma ardeu, e eu vendi-a ao Diabo.

 

Fui ao abismo, para além do fim do mundo, onde o fogo devora, e voltei.

 

Voltei a arder. Incendiei a chuva, sequei as lágrimas para todo o sempre. Enrijeci como lava de vulcão ao vento.

 

Queimei as mágoas. Todas elas. E voltei.

 

 

 

 

publicado às 16:42

por Marina Ricardo, em 22.03.11

 Fecha os olhos, e no escuro da noite, no negrume da tua mente reza ao Deus que te virou as costas, que te esqueceu.

 

No pavor da tua fria solidão, chora uma lágrima quente e acolhedora. Vê a tua casa. Sente-a na tua pele.

 

Na incerteza do teu futuro, vê a tua essência. Projecta-a nos teus passos vacilantes.

 

Faz a Fénix da salvação arder em ti. Dentro de ti. Ao teu redor.

 

Sê. Sem limites, sem poluentes, sem artimanhas.

Sê. Simplesmente, Sê!

 

publicado às 02:27

Maior

por Marina Ricardo, em 15.03.11

Sou mais do que a carne que me prende,  me confina, me limita. Sou maior que os ossos que me dão forma.

 

Sou do tamanho da minha alma, da minha essência, do meu pensamento.

 

Sou grão de areia, que é pirâmide.

Sou brisa, que é furacão.

Sou chuva, que é tempestade.

Sou gota, que é mar.

Sou céu. Sou infinito.

 

Sou mais. Muito mais. Maior. Enorme. Tão grande quanto eu quiser.

Ou sou nada. Ninguém. Sombra. Tão subtil e invisível quanto eu quiser.

 

Mas, mesmo assim, maior, melhor do que a vista pode alcançar.

 

 

 

publicado às 23:17

Sim

por Marina Ricardo, em 10.03.11

"No escuro da noite, confessa a ti próprio que morrerias se te proibissem de escrever.

Procura a resposta nas profundezas do teu coração, no lugar onde as tuas raízes se estendem, e pergunta-te: preciso de escrever?"

 

 

Rainer Maria Rilke

publicado às 17:00

Queria-te

por Marina Ricardo, em 04.03.11

Queria que estivesses aqui…

Aqui, ao alcance do toque, do outro lado da linha, ao virar da esquina, à saída da porta.

 

Queria que estivesses por perto…

Pertinho o suficiente para me ouvires, me sentires, me dares a mão e ensinares o caminho.

 

Queria que entrasses de novo, que nada se alterasse, que tudo fosse mentira.

 

Queria que o teu sorriso, a tua gargalhada, a tua voz não fossem só memória; queria que a tua vida não fosse memória.

 

Queria mais do que o teu olhar sereno, distante e sofredor.

 

Queria salva-te. Tirara-te desse corpo que não pode ser o teu.

 

Queria-te de volta. Agora. Como sempre. Tal como dantes.

 

 

 

 

 

publicado às 17:17

Um dia..

por Marina Ricardo, em 04.03.11

O tempo agora é difuso. Tudo é estranho e vão.

Há um leve tom escuro na paisagem, uma moldura irreal.

Nada faz sentido, não estamos onde deveríamos, não somos quem éramos.

Tu não estás no sítio certo, na postura certa, no corpo certo.

As luzes que nos iluminavam desapareceram, foram-se. Estamos às escuras, sem luz, sem ver, sem saber o que está à nossa frente.

A qualquer momento podemos cair, não há avisos ou escapatórias.

Um dia, vamos todos cair. E não haverá mais saída.

Um dia…

Mas, enquanto esse dia permanece num futuro desconhecido, continuamos aqui, a aguentar firme, dia, após dia.

 

 

publicado às 17:07


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Março 2011

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Fotogrfias que vou instagramando




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.