Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Porquê tantas?

por Marina Ricardo, em 16.09.12

Foram tantas lágrimas ali derramadas, tantas as que agora descansam no ralo da banheira.

Todas as dores, tantos os medos. Tudos ali assim, chorados.

Tanto amor em mágoa se tornou. Tantos sonhos mortos, tanta dor dizimada, poros sim, poros não. Poros sim.

Tantas outras vozes se alevantam, tantas outras vidas se afetam, se doem, se fartam. Se sofrem.

Foram tantas as lágrimas que ainda hoje se choram. Tantas que ao vento dos suspiros prolongados se perdem. São tantas, porquê tantas?

Queria que elas, essas lágrimas da alma, secasse. Que tu secasses – como te posso secar? Como te posso parar, quando te sinto tão afastada, tão só, tão amargurada. Fechada.

Como te alcanço se não sei como seguir em frente? Como te levanto se a minha força é menor, é pequena perante ti, mãe de todas as coisas que conheço.

São tantas, tantas as lágrimas que te caem sem cessar… quem me dera saber como para-las; parar o mundo e fazer-te sair. Daí, para aqui, onde és quente e amada.

 

 

publicado às 14:27

Um Destes Cá Para Casa, Se Faz Favor! #3

por Marina Ricardo, em 16.09.12

Da Pull & Bear

publicado às 12:07

Foram as cordas

por Marina Ricardo, em 16.09.12

Foram as cordas.

As cordas com que me prendeste ao teu tornozelo.

Foi nelas que me tiveste. Amarrada.

Foram cordas, as cordas da mentira.

Foi nelas me morri. De boca calada.

Foram as cordas, ó como sei que foram elas, elas que me matam, opressoras.

Foi lá, com elas, envoltas no meu pescoço que perdi o ar dos pulmões, e o meu coração parou.

Foram as cordas. Mas, foste tu, tu que me prendeste a elas.

 

publicado às 00:07


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Setembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Fotografias que vou instagramando




Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.