Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Males meus

por Marina Ricardo, em 06.01.13

Quando baixa a minha autoestima, sobe o meu consumo de as batatas fritas camponesas.

Males meus (e da minha balança)...

 

publicado às 22:27

A minha irmã vai para a Psicóloga

por Marina Ricardo, em 06.01.13

Não. Não a contagiei com a loucura comedida que me caracteriza, não. 

Como estudante do nono ano de escolaridade a minha irmã, terá de ir a sessões de aconselhamento com a psicóloga, para que esta a auxilie na escolha de área a estudar no décimo.

Ontem a minha mãe teve uma reunião na escola sobre o assunto - coisa nova, no meu tempo fomos ter com uma senhora a uma sala e fizemos a terapia e ponto final -, e a coisa foi bem demorada.

Os pais desesperam, os filhos querem todos ser médicos e o caso é perigoso (a minha irmã não quer ser médica, ela só quer mesmo net e ainda não descobrir que profissão isso a vai levar).

E eu, perante tais acontecimentos rio-me bandeiras despregadas: encaremos os factos - tem graça! Esta coisa da psicóloga é engraçada!

Há uns dias, encontrei, numa gaveta, meio perdido (ok, totalmente perdido), o meu ficheiro e lembrei-me o quanto me diverti naquelas reuniões da psicóloga. Não que a coisa tivesse piada por si só - mas porque eu usava demasiado a minha imaginação. Quando me pediam para projetar a minha vida e a desenhar numa linha do tempo, fartava-me de viajar, ter filhos e descobrir múmias, enquanto passeava pelo Egipto. Por fim, a opinião da senhora era simples: sabia muito bem o que queria da vida. Porém o que ela deveria ter diagnosticado era excesso de imaginação (problema que ainda hoje tenho – ao que parece é incurável).

Claro que não fiz nada do que ela me aconselhou: foi para ciências, sendo que depois me licenciei em jornalismo (nada a ver, eu sei!)

Mas, nunca me arrependi dos caminhos mais ou menos sinuosos por que optei: foram divertidos e únicos, e com eu, indefinidos e confusos.

Por isso, miúdos, divirtam-se e não levem esta coisa demasiado a sério, não vale a pena! E eu, errantemente divertida, sou a prova viva que esta não é a escolha mais difícil de uma vida: não é mesmo.

 

 

publicado às 01:37


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Janeiro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Fotografias que vou instagramando




Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.