Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




"Loving you is red", Taylor Swift - a gata #1

por Marina Ricardo, em 15.01.13

publicado às 19:37

É quase como ser naufrago

por Marina Ricardo, em 15.01.13

Sinto que estamos a ser engolidos pela vida. Talvez não todos, não a toda a hora, mas, estamos.

Eu tento que a vida se entale comigo, quando esta me tenta digerir com aqueles sucos ácidos que tem no estômago.

Porém, nem sempre é fácil. Contorço-me na sua boca, faço equilibrismo, a espargata. Tento magoar-lhe a língua como ela tenta calar a minha.

Uma vezes, consigo que ela abra aqueles lábios escarlate e me cuspa para terra, outras deixo-me ir, esófago abaixo. Nem sempre temos escolha, mas podemos tentar viver com ela em vez de dentro dela, dessa vida esfomeada.

Sinto que estamos a ser engolidos pela vida. Não só eu, mas os que me rodeiam. Ontem falei-lhes e as duas estão deprimidas, magoadas, a ruçar o chão.

Tive vontade de lhes dizer, ó revolta minha, que ter trabalho é bom, que mesmo que as coisas não estejam a correr bem, ter trabalho devia faze-las felizes... Mas, sei que essa premissa, por si só, é falsa. Tentei pôr-me na pele delas e não consegui. Sei que, tal como eu, devem estar cansadas, desse cansaço que não vem do corpo, mas da mente, desse que nasce em nós e não no nosso esqueleto. Tentei lembrar-me das tristezas que tinha quando trabalhava. No último emprego, sentia-me triste quando pensava que o ia perder, que dali a uns dias, umas semanas, voltava ao mesmo ou quando tinha de entrar ao serviço depois de a noite cair. O mesmo aconteceu no jornal. Claro que nesse também tinha medo de falhar, mas a confiança conquista-se, e eu foi-a colhendo grão a grão, gota a gota. Queria ajuda-las e não consegui. Tentei passar-lhes uma energia que não tinha, nem tenho,  com palavras soltas de ânimo e amor – coisas sem fim prático com uma confiança, certa e cega nesse futuro distante, que nem um cabelo recém cortado pode dar.

No fundo só queria estar no mesmo barco que elas, e não no cais. Ficar no cais, quando se vê muitos barcos é doloroso, só sendo melhor do que ficar no cais e não haver barcos. É quase como ser naufrago... e eu não gosto de naufrágios, bastou o Titanic, não é?

Não quero que a vida me engula, não quero que elas sejam engolidas. Quero que todos sejamos indigestos, incomestíveis. Quero que a vida se entale comigo... mas, nem sempre resulta.

 

publicado às 14:07

Razões para Amar Kristen Stewart - Parte 17

por Marina Ricardo, em 15.01.13

“You have to have a little faith in yourself, things happen for a reason so don’t discredit your feelings.”

 

 


publicado às 01:37


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Janeiro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Fotografias que vou instagramando




Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.