Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Aceitação

por Marina Ricardo, em 30.04.13

De todas as fases do luto, ainda não entrei na primeira: a aceitação.

publicado às 14:17

"No regrets, just love"

por Marina Ricardo, em 30.04.13

“People always ask me, ‘What is it that you regret?’ and I say ‘Nothing’, because I could not buy what i’ve learned. And I apply those things to my life I learn. And hopefully, hopefully it helps me to be a better human in the future and make better choices.”

Katy Perry


publicado às 00:27

Tobias - the cutest version

por Marina Ricardo, em 29.04.13

publicado às 22:37

"Lembranças" #20

por Marina Ricardo, em 29.04.13

Hoje fui a um supermercadinho pequeno aqui perto de casa. Não me lembrava dele, mas o senhor da caixa sorriu-me mal entrei.

Depois, na hora de pagar, chamou-me pelo nome. Não me chamou Vendaval, chamou-me pelo meu próprio nome.

Senti-me uma ave rara, exporta numa montra. O meu nome soa mal nos lábios dos outros. Li no meu diário que a pessoa que melhor dizia o meu nome eras tu, fazias-lhe justiça, a tua diferença fazia dele especial – ou pelo menos eu achava que sim…

Agora não faz sentido…

Não estás aqui, a minha memória não volta – não faz sentido… Não és humano – que sentido faz isso??

 Nem eu faço sentido… 



publicado às 01:17

Notícia aqui

publicado às 00:57

Orfã

por Marina Ricardo, em 28.04.13

Em cada folfada de ar que respiro, fazes-me falta.

publicado às 01:47

I just have a lot of feelings #7

por Marina Ricardo, em 28.04.13

 

publicado às 00:00

"Take a sad song and make it better"

por Marina Ricardo, em 27.04.13

publicado às 23:27

Jornalista de Supermercado #18

por Marina Ricardo, em 27.04.13

A Ca. foi maltratada por um cliente. Assim, do nada, um homem pô-la abaixo do cão, fê-la sentir-se menos do que os sacos plásticos que abrimos ao milhares, todos os dias.

O mais estranho é que já nem achamos isto nada de novo - é normal sermos mal tratadas ora aqui, ora acolá.

"Hoje atendi um tipo mesmo estúpido". O que varia é apenas o grau de estupidez do tipo, e pouco mais. 

São muitas as vezes, em que um pai, de mão dada com a sua criancinha, pontando na nossa direção, diz: "Vês filho, se não estudares vens para aqui". 

Esta situação até tinha graça, se não fosse a coisa mais pateta e anormal que já ouvi(mos).

Eu costumo rir. A Ca. chorou. Tem menos experiência, falta-lhe o calo e o sorriso falso. Para lá vai, para lá fomos todas.

  

publicado às 15:00

Casa

por Marina Ricardo, em 27.04.13

Há pessoas que nos preenchem os espaços livres e nos adornam o coração com flores de primavera e promessas de renascimento.

Outros ocupam os nossos espaços vazios, os nossos silêncios, os pedaços arejados desta casa que nos pertence.

publicado às 01:57

Pág. 1/7



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Abril 2013

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930

Fotogrfias que vou instagramando




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.