Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A (minha) Vila Real está assim...

por Marina Ricardo, em 25.08.13

E como dói saber que ela desaparece e se rende perante as chamas...

 

publicado às 15:17

rotinas chatas

por Marina Ricardo, em 25.08.13

Não sei escrever sequências assim como não sei viver continuidades.

publicado às 02:30

O Tobias é um vampiro

por Marina Ricardo, em 24.08.13

E anda com o dentito de fora...

 

publicado às 23:17

reason

por Marina Ricardo, em 24.08.13

“I believe that everything happens for a reason. People change so that you can learn to let go, things go wrong so that you appreciate them when they're right, you believe lies so you eventually learn to trust no one but yourself, and sometimes good things fall apart so better things can fall together.” 

Marilyn Monroe



publicado às 01:17

Como sabemos que estamos em depressão

por Marina Ricardo, em 23.08.13

Quando vemos o Twilight antes de irmos trabalhar.

publicado às 23:47

Uma péssima ideia #o filho

por Marina Ricardo, em 23.08.13

Uma vez tivemos um filho.

Não me digas que não te lembras que eu nunca te considerei esse tipo de pai.

E, hoje, no meio de um monte de tralha que vou ineditamente acumulando na minha gaveta da mesinha de cabeceira dei de caras com ele - com o nosso filho.

Não está maior, nem mais pequeno. Está, sem dúvida mais velho e mais feio (puxou a ti), e, ainda continua a ser um desengonçado galho de bonsai que não vingou.

Espero que te lembres com precisão de todas as informações básicas sobre o teu (o nosso) primogénito (como o facto de quereres que eu tivesse o teu nome e das discussões que isso despoletou no seio da nossa relação de recém-pais de uma mini árvore).

Tenho-o aqui na mão - um galho seco, a desfazer-se, de um arbusto que fingimos ser bonsai, na época em que fingir que tínhamos filhos era moda nos morangos com açúcar.

E, meu caro, esta é a verdade: estamos tão ou mais secos que o nosso filho, e, o nosso Marcelo, está tão morto como a nossa relação. 

Mas, não deixa de ter graça que eu tenha guardado o rapaz, pois não? Isso sempre quis dizer alguma coisa...

 

 (este excerto teve como inspiração a minha visita ao meu filho real, a árvore acima, plantada na minha antiga escola, na altura em que, à custa dos morangos com açúcar, todas queríamos um filho a fingir)

publicado às 01:37

Sabor a Verão

por Marina Ricardo, em 22.08.13

Bolo de Amoras Silvestres

Tags:

publicado às 19:17

esse tal de amor

por Marina Ricardo, em 22.08.13

Circundamos sempre a palavra amor sem, de facto, lhe tocarmos.

De mãos dadas, num dia frio de inverno, trilhamos a amizade e percorremos a paixão. Andamos em círculos – sempre em redor do amor. Em passos largos, andar sincronizado.

Nunca tocamos o amor e salvo raras assustadoras exceções falamos sobe ele – assustar-nos-ia?

Eu amava-te como quem ama pela primeira vez – sem reservas sem medos. Tu amavas-me como amas tudo o que tens – de olhos semicerrados, sempre espreitando por detrás do ombro com medo de perderes alguma coisa mais importante.

Eu amava-te e tu, algures, também me amaste – nunca fomos mestres da sintonia, pois não?

Ainda não parei de andar em círculo em redor da grande questão que nunca colocamos um ao outro – esse tal de amor, e tu, já paraste?

 

publicado às 00:57

Razões para Amar Kristen Stewart - Parte 33

por Marina Ricardo, em 21.08.13

"You end up staying up all night and then screwing your morning the next day because you need time to yourself."



publicado às 19:27

Quem sabe um dia...

por Marina Ricardo, em 21.08.13

Há uma carta extensa ao amor que ainda não escrevi.

Um conto de fadas com final inesperado que está ainda por criar.

Ando a colecionar letras, a juntar virgulas nunca caixinha - quem sabe um dia...

Hoje compro um caderno bonito, amanhã uma caneta azul-turquesa.

Depois, depois esqueço-te e começo  viver histórias reais e não mais paro de escrever. Nunca mais.

 

publicado às 01:47



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Agosto 2013

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Fotografias que vou instagramando




Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.