Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Já não sabe

por Marina Ricardo, em 25.07.14

Talvez devesse cortar o mal pela raiz. Acabar com ele.

Mas, o mal é a prova tóxica de um passado feliz. Ou de dias doces que ela pensava serem felizes. Já não sabe.

Talvez o passado já fosse flor morta com raiz contaminada e só agora se fizessem sentir os seus efeitos nocivos.

Talvez... Já não sabe.

 

publicado às 22:57

Cada vez

por Marina Ricardo, em 25.07.14

Circulo em votas em redor desse círculo que se fecha. Cada vez mais. Cada vez mais…

 

publicado às 14:00

Alma gêmea

por Marina Ricardo, em 24.07.14

 

 

Meu Brandon, onde andas tu?

publicado às 23:37

Deixe-lhe um recado em cima da mesa

por Marina Ricardo, em 24.07.14

Tirei um tempo para viver. Não esperes por mim para jantar.

publicado às 17:00

Proud Mama #versão 2014 - 2

por Marina Ricardo, em 23.07.14

publicado às 19:00

Olhes

por Marina Ricardo, em 22.07.14

Olho para ti. Depois para os pés. Unhas descoloridas. Comos os dias. Dias meus. Longe de ti. Contigo, de mão dada. Não me olhas. Talvez esse jornal tenha desgraças menores que a minha. Talvez essas desgraças alheias te assustem menos. Que a minha. Olho-te de novo. Descolorido. Por detrás dessas páginas altas. Pretas e brancas. Como os dias. Dias em que andas comigo. Perdida nessa mão que me dás. Mão fria.

Olho para ti. Não me olhas. Nunca me olhas. Talvez a minha desgraça te assuste. Essa desgraça que gostar de dar a mão e fingir que não existe.

Olho para os pés. Unhas sem cor. Como sem cor andam os meus dias. Observo as cortinas balançarem com a brisa. Penso em pintar as unhas de azul. Azul céu. Céu que foi nosso. Nosso quando dávamos as mãos. E me sentias. Já não me sentes.

Olho-te de novo. Olhas as cortinas. Segues os meus olhos. Olho para ti. Vejo-te. Nunca me vês. Vê-me? Vês-me? Hoje? Amanhã, talvez. Me olhes.

 

 

 

publicado às 23:23

pássaro

por Marina Ricardo, em 22.07.14

Escreve a mágoa na página. Não tinta, mágoa. Mágoa que carrega todas as dores que lhe doem, mágoa na página.

Porque o amor é uma gaiola e ela o pássaro.

publicado às 01:17

meu

por Marina Ricardo, em 21.07.14

Gostava de ter memória curta e pavio longo. Ou então ter um coração mais pequeno, sem poços e masmorras. Um coração de mármore branca, brilhante e sem defeitos.

Gostava de apagar as memórias que fazem o coração sofrer. Porque não me quero lembrar. Nem sofrer.

Mas, lembro e sofro. E doí. E penso muito na dor. E faz doer mais.

Este é um ciclo vicioso. Uma guerra sem fim entre o coração e a cabeça. O meu coração e a minha cabeça.

 

publicado às 20:57

Marina - the original motion soundtrack #88

por Marina Ricardo, em 20.07.14

publicado às 23:07

ladrilhos

por Marina Ricardo, em 20.07.14

Ela só queria um amor que lhe acendesse os olhos verdes. Alguém que mandasse ladrilhar aqueles dois berlindes verdes mágoa. Alguém que fizesse a mágoa fogo. E o fogo calor. Alguém. Um amor.

publicado às 19:07



Mais sobre mim

foto do autor



Fotogrfias que vou instagramando




Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.