Não

 Não te quero as palavras, nem as motivações. Não te quero as ideias, as desculpas ou os risos. 

Não te quero.

De ti apenas preciso das respostas para as pontas soltas que me deixaste. Quero esses espaços teus, que vazios, em mim, ainda te esperam.

publicado por Marina Ricardo às 19:47 | link do post | comentar | Adicionar aos Favoritos (2)