A televisão portuguesa

Enquanto tivermos, na televisão nacional, em dois dos canais de canal aberto, em horário nobre, programas sexistas em que mulheres são postas em montras para serem escolhidas ou por homens (alguns deles com 20 anos) ou por outras mulheres, mães dos primeiros, não me admira nada que a violência doméstica prospere e a desigualdade vá de vento em pôpa. 

(E perguntas como "sabes cozinhar? O meu filho é um rapaz de sustento". Ou, "gostas de fazer a lide da casa?"

Um inferno.....)

 

publicado por Marina Ricardo às 22:42 | link do post | comentar | Adicionar aos Favoritos (4)