Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Marina: the original motion soundtrack

por Marina Ricardo, em 27.01.21

 

Tags:

publicado às 23:35

Ontem foi um dia importante

por Marina Ricardo, em 21.01.21

Agora, por favor, domingo votem. Também precisamos de dias importantes no nosso país. E, não é daqui a uns anos. É agora.

Tags:

publicado às 16:33

10 anos

por Marina Ricardo, em 18.01.21

Há dez anos estava sentada na carpete fria do quarto.

Devia ter algum trabalho pendente. Mas, criei um blog.

Tinha 19 anos. Não fazia ideia para onde ia, nem como iria lá parar.

Ao longo destes dez anos já aqui escrevi muito feliz, perdida, triste de luto, em prantos, contente, com vontade, sem vontade nenhuma. Escrevi muito. Deixei de escrever. Sofri muito com ambas. Fui escrevendo.

Aqui deixei sonhos que larguei, que realizei e que mantenho ainda aqui, morninhos no regaço.

Aqui terminei de estudar, fiquei doente, arranjei trabalho, perdi o trabalho, arranjei trabalho, muto muito infeliz no trabalho e encontrei a minha paz.

Ao escrever aqui, cresci muito, conversei muito comigo. E conheci muita gente boa.

Nem toda a gente tem o seu crescimento por escrito. Eu sou uma das sortudas que o tem.

Sou muito grata por este espaço, por tudo significa para mim.

Escrever, por muito que, muitas vezes, me doa, faz-me muito feliz e é o grande ar da minha vida.

Tenho 29 anos. Ainda me sento muitas vezes na carpete do chão do quarto. Continuo sem saber pra onde vou, nem como vou lá parar. Mas, sei que, independentemente de tudo, não vou parar muito pelo caminho, e que em todas as pausas vou escrever.

Obrigada por estes 10 anos. Sou muito feliz por vos ter aqui.

 

Tags:

publicado às 15:56

Soleira da porta

por Marina Ricardo, em 13.01.21

Já te amei horas suficientes para saber que eras o amor da minha vida. Se a tivesse escolhido viver pelos teus olhos cor de mel.
O certo, para a pessoa mais errada.
Já me amo há vidas suficientes para saber que nunca íamos sair da soleira da porta de entrada de um futuro que não era o meu.

publicado às 01:02

2020

por Marina Ricardo, em 01.01.21

2020.
Por onde começar. Longo, penoso. Mas, tão magnífico.
Nunca quis tanto o que não tinha. Até perceber que tinha tudo o que precisa.
Fui a Londres, vi os Keane e a Sara Bareilles. Andei de avião, de metro e autocarro. Comi na rua, andei hipnotizado a compasso com multidões de desconhecidos. E depois a vida parou. E passei a andar de máscara e viseira.
Comprei álcool etílico ao preço de ouro.
Fiz pão - MUITO pão, bolos, bolachas e chás.
Fui obrigada a parar e aprendi a bordar, a cozer a máquina, a fazer vasos de barro e soube que não sei parar.
Descobri cantores novos e músicas que deram cor aos meus dias.
Nunca trabalhei tanto, mas, também nunca passei tanto tempo com a família.
Tentei comprar casa. Como não aconteceu, tornei-me naquelas pessoas que compram plantas de forma desmesurada. Tornei-me mãe de dezenas de plantas.
Mudei a decoração do quarto. Várias vezes.
Fiquei obcecada por Killing Eve e por macramé.
Instalei aplicações para saber como não matar plantas e mudei de trabalho.
Soube que era muito amada. Senti-me a rainha do mundo. Mas, também me senti desperançada.
Fiz duas road trips com a minha irmã.
Fomos muito inventivos na forma de matar saudades. E fiquei com imensos vales para concertos que não fui.
Tivemos todos saúde e estivemos juntos, quando tudo foi fácil, mas principalmente quando tudo foi difícil.
As máscaras de 2020 guardam muitos mais gargalhadas do que lágrimas.
2020 obrigada. Foste inesperado, difícil, mas mostraste-me muito do que precisava de saber.
Vamos a isto 2021.

IMG_20201231_232232_019.jpg

 

publicado às 14:40


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Janeiro 2021

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Fotografias que vou instagramando




Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.