Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Peço IMENSAS desculpas a quem perguntou! 

Mas, e como mais vale tarde do que nunca - aqui estão as minhas respostas!


 

Margarida - Quando percebes-te que eras uma pessoas de letras, e o que te fez seguir jornalismo? Qual a tua maior ambição a nível profissional? Só por curiosidade, que eu nunca entendi muito bem as pessoas de letras (vá, entendo-as melhor do que as de artes).

* Eu nunca fui uma pessoa de letras. Sempre fui de Ciências – sendo que foi essa a área que estudei no secundário.

Queria ser bióloga, trabalhar num parque biológico ou jardim zoológico.

Mas, depois tive uma fase, em que do nada, comecei a ler desalmadamente. Dizia-me em “Coma induzido” e adorava. Daí a começar a escrever foi um pulinho. Já gostava de escrever, mas fazia-o quando mo pediam, para trabalhos e derivados, mas por vontade própria nunca o tinha experimentado. Aos poucos, comecei a apaixonar-me pela escrita, a escrever melhor e sentir prazer nas letras, e em aulas como as de português comecei a ser peixe na água.

Por fim, com uma dose de mudanças a nível pessoal, não vi mais nenhuma saída – jornalismo era o que queria, o que quero.

Quanto à segunda parte da questão, se me tivesses perguntado há uns meses qual era a minha principal ambição a nível profissional, sem excitação, tinha respondido “fazer rádio”! Hoje, embora mantenha o sonho, acho que quero fazer a diferença. Não ser conhecida, mas com a minha profissão ser capaz de mudar mentalidades, e acima de tudo, contar verdades.

Ajudei-te a perceber melhor a mente dos de “letras”?

 

 

V. - Porque escolheste jornalismo?

* Porque, muito sinceramente não me via em mais lado nenhum. Para o bem e para o mal, escrever foi, é e será sempre a minha vida…

Além do mais, acredito no poder do jornalismo. Acredito que com ele posso ajudar, fazer a diferença.

 

V. - O que te levou a decidir?

A pressão. Acho que – e costumo dize-lo aos indecisos, que dentro de nós, sempre soubemos o que queremos fazer. Não é dois dias antes da inscrição da universidade que a decisão é tomada… já sabíamos, pelo menos o nosso subconsciente sabia, muito antes de nós…

Mas, a pressão ajuda… faz-nos tomar a decisão.


V. - O que pensas sobre o mundo de hoje?

Penso que o amo. Amo viver, o que me faz amar o mundo. Mas, tal e qual como tudo, “o mundo” tem defeitos, podres, feridas e cicatrizes. No entanto ainda concentra uma essência positiva. Algo de bom que me fascina e me faz acreditar que o amanha será melhor…

O mundo, o que ele tem e os seus horizontes, faz-me ter esperança.


V. - Porque criaste este blog? 

Já por aqui disse que quando criei o blog estava a passar uma situação família difícil – acho que isso se nota no tipo de posts com que o blog começou…

Mas, acima de tudo, precisava de escrever. Mais do que escrever num papel, para mim, eu queria, eu precisava de ser lida. Precisava de partilhar o que se passava dentro de mim, mas as palavas ditas, a mim, doem mais do que as escritas…

Foi assim que tudo começou… E está cá para continuar. Estas mentiras e verdades, e todos vocês, desse lado tornaram-se uma espécie de família… 

publicado às 17:57


1 comentário

Imagem de perfil

De Carolinaa a 20.07.2012 às 22:54

Eu não fiz pergunta alguma, acho que porque não tenho jeito para isso ou mesmo porque não calhou, mas o que não se aprende sobre ti aqui xD

Beijinhos enormes <33

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Fotografias que vou instagramando




Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.