Cama

Não os deixes entrar. Deixa a cama da alma fechada. Roupa lavada. Não a desfaças. Não a alteres.

Não os deixes entrar onde te mora o núcleo. A essência. E a verdade.

Onde te moras. Demoras. Viva ou morta.

publicado por Marina Ricardo às 20:37 | link do post | comentar | Adicionar aos Favoritos (1)