língua morta

Escrevo-me com letras que ainda não foram inventadas.

publicado por Marina Ricardo às 01:54 | link do post | Adicionar aos Favoritos