Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Não façam isto fora de casa

por Marina Ricardo, em 28.01.15

Quando forem ao Porto nunca estacionem em sítios dúbios. Nunca. Caso queram viver o risco, podem chegar ao local e terem apenas isso: o local onde deixaram o carro e onde o mesmo já lá não está.

Depois de perceberem que o vosso carro não foi roubado, vão perceber que vão ficar pobres.

Uns telefonemas e uns quilómetros depois, lá encontram o carro. Não antes de ficarem sem 130euros.

Nunca estacionem em sítios dúbios. Custa caro…

hphotos-ak-xaf1.jpg

publicado às 23:00


4 comentários

Imagem de perfil

De Carolinaa a 30.01.2015 às 00:27

Ain que azar! :/
Imagem de perfil

De Carolina a 05.02.2015 às 11:36

Que azar... no Porto há sítios e sítios, é preciso conhecer bem. Eu sempre que vou para a faculdade deixo o carro em sítios com parquímetro e, até hoje, nunca apanhei multa (vou já bater na madeira). É óbvio que é uma questão de sorte, mas também é preciso conhecer os sítios onde os polícias vão mais vezes. Por exemplo, ali na zona da Trindade, eles multam imenso os carros sem papel do parquímetro e chegam mesmo a rebocar... :(

Espero que não torne a acontecer!
Imagem de perfil

De Marina Ricardo a 07.02.2015 às 00:29

Nós tínhamos o carro estacionado numa zona onde supostamente se pode estacionar sem pagar (perto da rodanorte). Como íamos fazer umas compras rápidas, arriscamos.
Por fim demoramos mais do que estávamos à espera e, quando chegamos ao local e não vimos o carro apanhamos um susto de morte! depois como não haviam mais carros nenhuns percebemos que tinha sido rebocado... Para além do reboque, tivemos que pagar uma multa (juro que não sabia que ali não se podia estacionar! Nem eu, nem a amiga com quem estava).
Foi uma bela e cara experiência! Depois deste dia só vou ao Porto de transportes públicos XD

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Janeiro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Fotogrfias que vou instagramando




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.