não sei

Tenho uma enorme dificuldade em estar parada. Em não fazer nada.
A minha cabeça anda a mil à hora. O meu coração galopa peito afora.
Não sei descansar.
Tenho sempre mil coisas para fazer. E estou sempre a falhar.
Sou demasiado criativa e demasiado apressada, para meu mal e meu bem.
Sinto falta de tudo ao mesmo tempo. Sinto-me imensamente frustrada.
Tenho todos os projectos inacabados. Tenho tudo parado - à espera.
Quero ler e escrever. E pintar. E costurar. E bordar. Fazer postais e andar a pé. Quero voltar a querer correr.
Quero voltar a ter-me. Mas, no meio da pressa, não sei onde me perdi.

publicado por Marina Ricardo às 23:55 | link do post | comentar | Adicionar aos Favoritos (1)