Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Colo virtual

por Marina Ricardo, em 24.05.17

Foi a Vera que escreveu, mas devia ter sido eu (mania de querer amar primeiro que eu!).

Foi a Vera que escreveu, mas, li-o como se fosse eu a escrever. Porque os sentimentos quando se partilham são assim: emaranhados, a meias.

Penso muito na Vera. Em como as nossas vidas malucas se complementam. Em como quase morri no dia em que ela casou. Em como partilhamos profissões loucas em áreas semelhantes. 

Gosto de me lamentar com a Vera. Ela lê-me e dá-me colo. Colo enquanto tenho um dia horrível no trabalho, quando lhe confesso que não sou assim tão forte como me finjo.

Ela diz-me sempre que sou capaz. Que consigo. E tem razão: tenho conseguido mesmo.

Escrever-me neste blog, nos últimos meses, tem sido a maior e mais difícil empreitada a que me comprometi.

Mas, faço o que sempre tenho feito. Uma letra a seguir à outra. Por mim.  Por ela. Por vocês.

Obrigada Vera. Obrigado por seres, tantas vezes, a voz solitária, e por escrito, da minha claque de apoio.

Obrigado a todos vocês, desse lado do ecrã.

publicado às 23:40

Geopark

por Marina Ricardo, em 26.08.15

Fui a Arouca. Fiz os mais de 8km no passadiço do geopark. Achei que ia ter uma coisinha má.

É tudo lindo de morrer! Vale a pena, mas credo eram precisas tantas escadas?

E sim, voltamos para o carro de taxi.

DSCF9923.JPGDSCF9924.JPG 

DSCF9933.JPGDSCF9962.JPG

publicado às 23:30

Ter uma "pessoa" é

por Marina Ricardo, em 20.06.15

Receber uma mensagem, às duas da manhã, com um "estou à tua porta com comida".

Amiga que é amiga não deixa a amiga engordar sozinha. Nunca.

publicado às 03:27

I WANT YOU

por Marina Ricardo, em 16.03.15

O que imposta estar com uma gripe que me deixa com as mesmas dores que tem uma pessoa que foi atropelada por um camião, se hoje pude pegar nesta coisa fofa ao colo??

São quatro! São de uma vizinha, e são mais pequenos que a minha mão. Quero-os a todos.

hphotos-ak-xaf1 (1).jpg

publicado às 23:30

Não façam isto fora de casa

por Marina Ricardo, em 28.01.15

Quando forem ao Porto nunca estacionem em sítios dúbios. Nunca. Caso queram viver o risco, podem chegar ao local e terem apenas isso: o local onde deixaram o carro e onde o mesmo já lá não está.

Depois de perceberem que o vosso carro não foi roubado, vão perceber que vão ficar pobres.

Uns telefonemas e uns quilómetros depois, lá encontram o carro. Não antes de ficarem sem 130euros.

Nunca estacionem em sítios dúbios. Custa caro…

hphotos-ak-xaf1.jpg

publicado às 23:00

Quando a minha pessoa faz anos

por Marina Ricardo, em 17.12.14

IMG_20141217_121452.jpg

 

Fazemos laços/montagens com a Lea Michele. 

publicado às 17:50

Aqui

por Marina Ricardo, em 07.09.14

Os dias. Os dias são sempre melhores quando vens. Anda, vem sempre. Sempre prá'aqui.

publicado às 22:57

o que aprendi ontem

por Marina Ricardo, em 21.08.14

O perdão apanha-nos sempre nas vielas mais estreitas e feias da vida. O perdão atira-nos ao chão, empurrando-nos pelas costas. O perdão nunca tem tempo e vem quase sempre atrasado. Arrebata-nos e faz-nos sentir pequenos. Curar feridas antigas doí. Perdoar doí muito. Doí tudo. Mas, depois, tudo acaba e somos leves outra vez. A vida nunca me para de surpreender. Nunca. E, esta será sempre a melhor parte de estar vivo.

publicado às 16:57

Ai...

por Marina Ricardo, em 10.07.14


A F., minha fiel escudeira, está no Alive, a mandar-me fotos e sms. Ou ela realmente gosta de mim ou gosta de me fazer sofrer...

publicado às 22:27

Sinónimos de Porto

por Marina Ricardo, em 12.06.14

Para mim Porto será sempre terra de reencontros. Assim um meio-termo aceitável para se encontrar alguns daqueles por quem já morremos de saudades.

E, como sabe ser acolhedor este meu Porto, que tantas vezes percorrido se tornou nosso!

Para mim Porto sempre será reencontro e despedida. Sorrisos e porta de saída para a saudade que lá deixo e para a saudade que sempre trago já alojada ao peito.

Hoje, o Porto matou-me mais uma vez a saudade, mas deixou-me traze-la de volta para, mais um dia, algures no futuro, algures nas suas ruas a voltar a matar. 

 

 

publicado às 23:57


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Outubro 2020

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Fotogrfias que vou instagramando




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.