Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



*

por Marina Ricardo, em 29.12.16

14574147_128659787631840_3286587757484310528_n.jpg

publicado às 21:26

magic

por Marina Ricardo, em 15.09.15

10957261_723866314424368_1618569024_n.jpg

 

Nazaré.

publicado às 22:50

Ter uma "pessoa" é

por Marina Ricardo, em 20.06.15

Receber uma mensagem, às duas da manhã, com um "estou à tua porta com comida".

Amiga que é amiga não deixa a amiga engordar sozinha. Nunca.

publicado às 03:27

silêncios

por Marina Ricardo, em 22.05.15

As palavras calam-se quando ela abre a boca.

publicado às 22:17

I WANT YOU

por Marina Ricardo, em 16.03.15

O que imposta estar com uma gripe que me deixa com as mesmas dores que tem uma pessoa que foi atropelada por um camião, se hoje pude pegar nesta coisa fofa ao colo??

São quatro! São de uma vizinha, e são mais pequenos que a minha mão. Quero-os a todos.

hphotos-ak-xaf1 (1).jpg

publicado às 23:30

Medalha de luto

por Marina Ricardo, em 10.11.14

Carrego ao peito um amor morto. Faleceu-me nas mãos. As mesmas mãos que um dia demos, nesse inverno longínquo.

Trago nosso amor defunto ao peito. Medalha de luto. Mulher de guerra.

Não sei quando o enterro à terra e em cemitério te deixo. Talvez nos enterremos juntos. Eu e ele. Nosso amor morto. Nosso amor morto, que o coração me enche. Morto. E, que aos poucos o coração me mata. De solidão.

tumblr_mxp3vakDym1r2gomro1_1280.jpg

publicado às 17:07

Aqui

por Marina Ricardo, em 07.09.14

Os dias. Os dias são sempre melhores quando vens. Anda, vem sempre. Sempre prá'aqui.

publicado às 22:57

espero

por Marina Ricardo, em 06.07.14

Os dias que se seguem de forma abrupta e rápida, que se precipitam nessa correria sem piedade e sem dó. Esses dias, por estes dias. 

Doem. Magoam. Cortam-me a esperança. E o coração. 

E eu, muda e estática, presa nessas horas destes dias que me dilaceram, espero.

 

publicado às 23:00

Dois anos

por Marina Ricardo, em 04.07.14


Muita coisa mudou desde aquele 4 de julho. Aprendi muito, trabalhei muito, fiz e faço coisas que nunca esperei vir e estar a fazer.

Mas, nestes dois anos há coisas que nunca mudaram: o meu amor pela escrita e por tudo o que escrever me dá. 

Foram dois anos sem a minha profissão, mas com uma fome sempre desmedida pelas letras. E, sei que por muitos 4 de julho que passem o sentimento vai ser sempre este: amor.

publicado às 16:00

A.

por Marina Ricardo, em 02.07.14

Tenho um poço negro no coração. Um sótão de águas podres e pretas. Águas mortas de memórias vivas.

Sem saber onde te deixar perdida, perdi-te no lado negro e sofrido do coração.

Agora, amor prometido, queres voltar. Emergir do teu silêncio calado e mudo, voltar a mim, ao lado são da pessoa que deixaste na margem.

Não te sei trazer de volta. Nunca soube como recuperar quem perdi propositadamente para o lado negro e podre do meu coração. 

publicado às 01:37


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Junho 2021

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Fotografias que vou instagramando




Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.